Mulheres são a maioria no transporte coletivo e ativo

Publicação: 27 de fevereiro de 2022 – Summit Mobilidade Urbana – Estadão
Fontes: Younder, Revistes UPC, Agência Patrícia Galvão e Estadão
Link da matéria completa: clique aqui


O transporte ativo (a pé ou de bicicleta) e coletivo (ônibus, trens e metrôs) é dominado pelas mulheres nas cidades brasileiras — isso é o que apontam pesquisas sobre mobilidade urbana que introduzem o recorte de gênero. Enquanto isso, o deslocamento por veículos motorizados individuais é majoritariamente masculino.

O viés de gênero nos padrões de viagem pode ser notado tanto em países ricos quanto em desenvolvimento. Entretanto, a situação fica ainda mais visível na América Latina, onde mulheres são a maioria entre os usuários de trens, metrôs e ônibus.

Pesquisa Origem e Destino, realizada pelo Metrô de São Paulo a cada dez anos na capital paulista, aponta como a preponderância do público feminino no transporte ativo e coletivo é histórica. Em 2007, as principais viagens das mulheres eram realizadas por transporte público (39%) ou a pé e de bicicleta (38%), enquanto a maioria dos homens se deslocava por veículos individuais motorizados (35%).

Dez anos depois, a presença do público feminino continuava de forma majoritária no transporte ativo e coletivo, com 41% utilizando ônibus, trem ou metrô, e 35% percorrendo a cidade a pé ou de bicicleta. Já os homens aumentaram a participação no transporte motorizado individual, com 37% do total dos deslocamentos.


Fontes: Younder, Revistes UPC, Agência Patrícia Galvão e Estadão
Link da matéria completa: clique aqui

Categories:

Siga a Fepasc em todas as redes sociais.